Med Summit 2017

10 Start-ups portuguesas em busca de investimento

Empreendedores pretendem angariar entre  500 mil e os cinco milhões de euros

Acredita Portugal

Versão para impressão
A ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários abre as portas a uma nova ronda de financiamento WE’BIZ Pitch amanhã, quarta-feira (dia 19 de abril), entre as 09h30 e as 12h30, na sua Sede Nacional, no Porto. Com tickets de investimento balizados entre 500 mil e cinco milhões de euros, a sessão conta com a participação de dez start-ups que tentam convencer Chris Wade, venture partner da Octopus Ventures, a injetar capital e know-how nos seus projetos. Agroop, eSolidar, Facestore, Fibersail, Glartek, Glexyz, HUUB, ISSHO Technology, Muzzley e YouBeep são os projetos protagonistas da ronda de pitch.

Facilitar a captação de investimento das start-ups portuguesas é a missão das sessões WE’BIZ Pitch, que viabilizam o cumprimento deste desígnio através da organização periódica de rondas de investimento com agentes privados e de capital de risco com intervenção em diferentes ecossistemas empreendedores. Uma pequena intervenção de Chris Wade sobre o perfil de negócios e a tipologia de investimentos procurados abrirá a sessão. Seguir-se-á então a ronda de apresentação das dez start-ups pré-selecionadas pelo venture partner da Octopus Ventures.

Cada um das jovens empresas vai apresentar os seus modelos de negócio com vista à captação de investimento que viabilize o fit to market, a afinação do modelo de negócio, o pontapé de saída ou a viragem para um novo rumo nas estratégias de expansão e scale-up dos projetos em pitch. Trata-se de uma oportunidade privilegiada para os empreendedores revelarem o seu projeto e colherem capital, know-how e insights assertivos de um investidor com vasta experiência na construção da proposta de valor de novos negócios e no fecho de exits bem-sucedidas no ecossistema europeu de empreendedorismo.

“As dez start-ups pré-selecionadas para a WE’BIZ Pitch com Chris Wade têm uma janela aberta para captar smart money (capital e know-how) de um agente de venture capital que gere um fundo de 540 milhões de libras e investe em projetos que procuram investimento seed ou Series A em diferentes geografias da Europa”, afirma Rafael Alves Rocha, diretor de comunicação da ANJE. “Tendencialmente os investimentos da Octopus Ventures podem chegar até ao milhão de libras nos projetos Seed e o valor dispara para o intervalo entre os dois e os cinco milhões de libras nas start-ups que procuram investimentos Serie A. Estes dados tornam a WE’BIZ Pitch numa montra apetecível para os dez projetos que acedem assim a uma via rápida para acelerar a sua afirmação ou o processo de scale-up no mercado”, completa o responsável.

Recorde-se que a sessão com Chris Wade, venture partner da Octopus Ventures, consolida a aposta inicial efetuada pela ANJE na organização das sessões WE’BIZ Pitch com Vitaly Golomb, gestor de investimentos da HP Tech Ventures, a dupla composta por Tanja Emmerling, gestora de investimentos da High-Tech Grunderfonds, e Luka Planinc, managing director da ABC Venture Gates, e mais recentemente Boris Golden, Principal da Partech Ventures.

A WE´BIZ Pitch afirma-se ainda como o pontapé de saída de uma jornada empreendedora que se prolonga durante a tarde do dia 19 de abril, com a partilha de detalhes e boas práticas para as diferentes fases de crescimento das start-ups (desde o período seed até à avaliação unicórnio), na WE’BIZ Talk “How to build a unicorn from scratch in Europe”.

Comentários

comentários

Premio Startup Montenegro 2017

Artigos relacionados