Allianz Global Artificial Intelligence Fund

Banco Best lança o primeiro fundo de Inteligência Artificial em Portugal

Versão para impressão
O Allianz Global Artificial Intelligence Fund, o primeiro fundo de Inteligência Artificial da Europa, chegou a Portugal pelas mãos do Banco Best.

Este fundo investe no mercado de ações globais de empresas que apostam no desenvolvimento de Inteligência Artificial em áreas como Big Data, automatização dos cuidados de saúde, condução autónoma de transportes, entre outras.

Para Carlos Almeida, Diretor de Investimento do Banco Best, “estamos a viver um período de eclosão da inteligência artificial, em que todos os dias são lançados novos produtos que prometem alterar de forma incontornável as nossas vidas. Conscientes do impacto deste setor, os nossos investidores têm vindo a procurar, cada vez mais, novas soluções de investimento nestas áreas. Este fundo é a resposta a essa procura e mais uma oportunidade de investimento num setor em crescimento, com potencial de retorno a longo prazo”.

De acordo com o estudo realizado pela Accenture and Frontier Economics, o mercado da Inteligência Artificial deverá crescer de 643,7 milhões de dólares em 2016 para 36,8 mil milhões dólares em 2025. A generalização do uso das tecnologias ao nível da Inteligência Artificial ditará esta evolução que levará a um crescimento económico dos países desenvolvidos.

O Global Artificial Intelligence Fund é gerido por uma equipa de especialistas com mais de 15 anos de experiência no setor da indústria e tecnologia, e com um portefólio tecnológico de ativos sob gestão no valor de 7,2 mil milhões de euros. Os especialistas desta sociedade gestora exploram as mais diversas condições do mercado, com o objetivo de assegurar que as empresas nas quais o fundo investe seguem modelos de negócios sustentáveis.

Este novo fundo está disponível para consulta e subscrição em www.bancobest.pt.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Numa altura em que vivemos em constante vulnerabilidade, quer seja pelos atos terroristas, pelos ataques cibernéticos ou mesmo pelas fraudes financeiras ou atos ilícitos, ameaças que tanto abalam a sociedade atual, a segurança é um tema primordial e um denominador comum a todos estes problemas. Com base neste ponto, as empresas que se seguem, todas de origem portuguesa, ganham cada vez mais o seu espaço no seio nacional e internacional, ao apostarem na segurança, prevenção, automatização e otimização de serviços para o sucesso dos seus clientes. A i9magazine foi conhecê-las e desvenda o seu modus operandi.