Aprender português no estrangeiro

O Ministério dos Negócios Estrangeiros apresentou uma plataforma de ensino da língua portuguesa para crianças que iniciaram o processo escolar em Portugal e agora vivem fora do país.

Versão para impressão

 

A plataforma “Português Mais Perto” é uma nova ferramenta, disponível na internet, para o ensino e aprendizagem do português, reunindo dezenas de aulas interativas para a aprendizagem da língua portuguesa. Tem como objetivo auxiliar crianças e jovens que residem no estrangeiro, a manterem contacto com o processo de conhecimento do português.

É disponibilizada em duas vertentes: Português Língua Materna, para alunos que frequentaram a escola em Portugal e têm no seu horizonte voltar ao sistema escolar português; e Português Língua de Herança, para alunos que sempre frequentaram a escola no estrangeiro.

De acordo com José Luís Carneiro, “pode ser também ativado um tutor” para auxiliar a aprendizagem das crianças, garantido pelo instituto Camões.

“Esta plataforma tem uma licença, que é o custo de instalação da aplicação, de 40 euros anuais e se houver a necessidade de um tutor será 90 euros anuais”, indicou José Luís Carneiro, Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.

Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios Estrangeiros, destacou a “enorme vantagem” da “indústria 4.0”, que permite “aproveitar ao máximo os novos processos e novos instrumentos do movimento de digitalização”, ao mesmo tempo que permite “minimizar os custos”.

A plataforma “Português Mais Perto” resulta da colaboração entre a Porto Editora, e o Camões, Instituto de Cooperação e da Língua.

Comentários

comentários

Artigos relacionados