Descoberta cura para a calvície?

Versão para impressãoCientistas da Universidade da Califórnia, Los Angeles, nos EUA, descobriram que o metabolismo das células do folículo piloso é diferente de outras células da pele. Este é um avanço que pode abrir caminho para novos medicamentos e tratamentos que podem promover o crescimento do cabelo, através de uma nova maneira de ativar as […]

Versão para impressão
Cientistas da Universidade da Califórnia, Los Angeles, nos EUA, descobriram que o metabolismo das células do folículo piloso é diferente de outras células da pele. Este é um avanço que pode abrir caminho para novos medicamentos e tratamentos que podem promover o crescimento do cabelo, através de uma nova maneira de ativar as células no folículo piloso.

Cita o Daily Mail, jornal inglês, que o responsável pela investigação, Willim Lowry, professor de biologia molecular na UCLA, destaca que: “antes disto, ninguém sabia que aumentar ou diminuir a lactase teria um efeito nas células do folículo piloso. Assim que vimos como a alteração da produção de lactase nos ratos influenciou o crescimento do cabelo, isso levou-nos a procurar medicamentos que potencialmente poderiam ser aplicados à pele e ter o mesmo efeito”.

Para já a equipa de investigadores descobriu duas drogas experimentais que quando aplicadas na pele dos ratos têm este efeito de fazer os pelos crescer, chama-se RCGD423 e UK5099. Ainda serão necessários mais estudos para comprovar esta influência da lactase em humanos e só posteriormente se poderá pensar em testar novas drogas.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

A espanhola AXESOR, especialista em soluções integrais para a Gestão do Risco de Crédito, arrancou com as operações em Portugal, passando assim a disponibilizar ao mercado português a sua solução empresarial avançada, que inclui serviços de consultoria especializada e a plataforma tecnológica axesor® 360.