Docente da UC eleita Presidente da Associação Portuguesa de Reconhecimento de Padrões

O reconhecimento de padrões é um dos ramos da inteligência artificial

Versão para impressão
Bernardete Ribeiro, docente e investigadora do Departamento de Engenharia Informática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), foi eleita Presidente da Associação Portuguesa de Reconhecimento de Padrões (APRP).

O reconhecimento de padrões é um dos ramos da inteligência artificial cujo objetivo é a classificação de objetos dentro de um número de categorias ou classes. O reconhecimento de padrões desenvolve algoritmos capazes de detetar em dados (p. ex. em imagens, sons, genoma, séries temporais de emissões ou CO2), instâncias recorrentes
ou aproximadas de um conceito importante. Por exemplo, detetar numa imagem médica que uma pessoa tem uma doença, ou que a temperatura global está a aumentar.

Bernardete Ribeiro estabelece como prioridades para o seu mandato, com a duração de dois anos (biénio 2018/2019), “a promoção do progresso e do conhecimento na área de reconhecimento de padrões, estimulando as interações interdisciplinares em vários domínios da ciência, da tecnologia, da investigação e do ensino, bem como a dinamização e apoio de iniciativas que contribuam para o desenvolvimento e valorização da área de reconhecimento
de padrões e o seu fortalecimento e densificação a nível nacional”.

Pretende igualmente “estudar problemas específicos para os quais a associação venha a ser consultada, nomeadamente, em relação a situações críticas a nível nacional”.

A APRP é uma associação sem fins lucrativos que visa promover avanços, quer na teoria quer nas aplicações práticas, da disciplina científica do reconhecimento de padrões, através da organização de conferências, encontros e cursos de formação e da divulgação de informação de caráter científico e técnico. A associação é membro Português da prestigiada International Association for Pattern Recognition (IAPR).

A APRP organiza anualmente a Conferência Nacional de Reconhecimento de Padrões cuja edição do próximo ano, RECPAD 2018, acontecerá na Universidade de Coimbra.

Comentários

comentários

Artigos relacionados