A empresa com maior registo de patentes

A IBM voltou a ultrapassar o recorde das patentes registadas num só ano, ocupando mais uma vez o primeiro lugar da lista anual de patentes nos Estados Unidos da América (EUA), com um total de 8088 em 2016, o que coloca a Companhia na liderança pelo 24º ano consecutivo.

Versão para impressão
Das patentes registadas, mais de 2000 mil estão ligadas a invenções com grande foco na inteligência artificial, computação cognitiva e cloud. Também se destacaram as áreas da saúde e cibersegurança, consideradas estratégicas para o crescimento da companhia, resultando do trabalho de mais de 8.500 colaboradores da IBM de 47 estados dos EUA e de 47 países.

“O compromisso da IBM ao longo das últimas décadas na área da I&D permanece inalterável, o que se comprova com o número de  patentes registadas no ano passado nos Estados Unidos, ultrapassando a barreira das oito mil”, sublinhou Ginni Rometty, Presidente e CEO da IBM. Acrescentou que “estamos profundamente orgulhosos da contribuição dos nossos investigadores para a inovação que realmente importa e que procura impulsionar o progresso nos negócios e na sociedade, dando início à nova era do negócio cognitivo”.

Alguns exemplos de patentes registadas pela IBM em 2016 na área da saúde cognitiva são:

  • Usar imagens para melhor avaliar a saúde do coração: a categorização das doenças cardíacas é um desafio devido à complexidade e às especificidades do coração. Investigadores da IBM desenvolveram um método para categorizar os estados de doença cardíaca nos Humanos, usando imagens cardíacas para caracterizar a forma e o movimento do coração. Esta ferramenta poderá ajudar os médicos a diagnosticar alguns sintomas de possíveis problemas cardíacos.
  • Um aparelho auditivo personalizado para atender a necessidades específicas: os investigadores da IBM desenvolveram um dispositivo auditivo que consegue distinguir e filtrar vozes e sons. O dispositivo pode ser programado para distinguir sons como um alarme de incêndio, por exemplo, ou para ouvir de forma inteligente o ambiente enquanto filtra alguns sons e amplifica outros para melhorar a experiência de utilizador.

Na área da computação cognitiva e da inteligência artificial, os investigadores e cientistas da IBM patentearam mais de mil inovações. Por exemplo:

• Planeamento da melhor rota consoante o estado de espírito do viajante: os sistemas de navegação atuais são programados para tomar decisões com base nas condições da estrada, mas não levam em consideração o estado de espírito do condutor. Os cientistas da IBM desenvolveram um método para planear uma rota de viagem com base no estado de espírito e nas preferências dos viajantes.

Os investigadores da IBM também patentearam mais de mil inovações que podem ajudar a avançar na área da cloud. Por exemplo:

  • Cloud cognitiva para aplicações:o cloud computing permite maior resiliência e disponibilidade de recursos para aplicações. Essa patente identifica proativamente os hotspots num ambiente de cloud computing, incluindo o servidor, o armazenamento e a rede – cada um destes três pontos pode contribuir isoladamente ou em conjunto para contingências na utilização de recursos, provocando problemas de desempenho. A IBM Cloud aprende os parâmetros associados a uma carga de trabalho e fornece uma solução autónoma e preditiva, baseada no uso de recursos da cloud e nas capacidades de automação para implementação ou migração de aplicações de acordo com as necessidades de desempenho apreendidas. Outra inovação da IBM – identifica um potencial problema antes que o mesmo se torne um problema real – mantendo o ambiente de cloud computing a funcionar sem problemas.

E ainda na área da cibersegurança, por exemplo:

  • Gestão das entradas de e-mails e outras comunicações para evitar ações de phishinge a propagação de conteúdo malicioso: À medida que os hackers se tornam mais inteligentes, há uma necessidade de filtrar de forma mais inteligente as comunicações que recebemos. Os investigadores da IBM inventaram um sistema para criar níveis de permissão e confiança para comunicações de entrada, tais como e-mails e mensagens de texto. Este sistema determina um nível de confiabilidade para atribuir a uma comunicação de entrada.

Comentários

comentários

Premio Startup Montenegro 2017

Artigos relacionados