Um simulador de pacientes virtual para o ensino da auscultação

Versão para impressão
Método inovador, o IS4Learning surge para ajudar a colmatar falhas graves existentes ao nível da formação médica no ensino da auscultação cardíaca e pulmonar.

Este estetoscópio digital é um simulador de pacientes virtual, prático e de baixo custo, que permite o ensino e treino das três habilidades fundamentais e necessárias para um procedimento efetivo de auscultação cardiopulmonar: o posicionamento, o gesto e a audição, possibilitando também reconhecer os sons de diferentes patologias.

O instrumento é uma “tecnologia que está alicerçada num ‘hospital virtual’ onde a auscultação completa (focos, posições) foi previamente gravada em pacientes reais, e que depois pode ser acedida por uma variedade de simuladores, desde um mais sofisticado em que um estetoscópio eletrónico é usado para tocar na superfície de um tablet e ouvir o som correspondente à posição de um torso virtual, até uma versão mais simples disponível no browser de qualquer computador ou tablet com acesso à internet” explica Miguel Coimbra, sócio fundador e atual gerente da IS4Health, a spin-off com chancela da Universidade do Porto e participação do CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde, que comercializa a tecnologia IS4Learning.

Utilizando sons reais recolhidos nas consultas de internamentos e serviço de urgências do Centro Hospitalar de São João e nos serviços do Real Hospital Português, na cidade de Recife, o simulador apresenta a imagem de um tronco humano com vários pontos assinalados, que colocando o estetoscópio em cada um deles, é possível ouvir o som que cada um produz. Os torsos apresentam os registos sonoros das válvulas aórtica, mitral, tricúspide e pulmonar. O simulador permite a auscultação do doente em diferentes posições: sentado, em pé e deitado. 

Com uma tecnologia que pode facilmente ser adaptada aos ambientes de sala de aula, autoestudo e e-learning, para já a “Faculdade de Medicina da Universidade do Porto é a única instituição Portuguesa a utilizar este simulador pedagógico. A nível internacional, é usado na Université Paris Descartes, França, estando também previsto arrancar em setembro de 2017 um piloto na Universidade de Calgary, Canadá. Encontram-se também vários outros pilotos em negociação nos EUA e Espanha. A estreia na formação de médicos de Medicina Geral e Familiar aconteceu no passado mês de junho, na Unidade de Saúde Familiar Famílias, em Lourosa, seguindo-se agora a Unidade de Saúde Familiar Egas Moniz, em Santa Maria da Feira”, realça o empreendedor, que é também investigador do Instituto de Telecomunicações e da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

O interesse neste produto tem aumentado e “as reações tem sido unanimemente positivas, da parte de formadores e de alunos. Os inúmeros workshops dinamizados por alunos levaram à adoção em 2015 pela FMUP da tecnologia IS4Learning para ensinar todos os seus alunos de 3.º ano, repetindo-se em 2016, mas agora já com a integração da tecnologia no exame final oficial. Em Paris Descartes o arranque em 2016 já garantiu o pedido de expansão da utilização para 2017.” Miguel Coimbra acrescenta que “a investigação e desenvolvimento em auscultação interativa almeja a substituição dos estetoscópios convencionais nas áreas da formação, telemedicina e diagnóstico assistido, aumentando assim a capacidade dos profissionais de saúde de rastrear e acompanhar patologias cardíacas e pulmonares.”

Em https://is4health.com/is4learning/ está disponível uma demonstração do simulador.

Comentários

comentários

Artigos relacionados