Oportunidades de desenvolvimento no retalho online

Comércio eletrónico internacional pode crescer 25% ao ano até 2020, segundo estudo da DHL Express

Versão para impressão
A DHL Express acaba de apresentar um estudo onde se destacam oportunidades significativas de crescimento para quem está, ou pretende iniciar-se, no comércio eletrónico internacional. O estudo – Um Guia para a Oportunidade de Comércio Eletrónico Internacional do Século XXI – analisa detalhadamente os mercados e produtos que oferecem maior potencial de crescimento, as motivações e preferências de clientes que realizam compras internacionais online e os fatores de sucesso de retalhistas online que têm como objetivo uma expansão internacional. Concentra-se, em particular, na oportunidade de oferta de produtos e serviços premium, representando transações com valores mais elevados.

No ranking dos principais retalhistas locais com quota de tráfego internacional superior a 15%, Portugal aparece na 12.ª posição com 26% e a liderar a tabela aparece o Reino Unido (49%).

“A expedição internacional é bastante mais simples do que muitos retalhistas julgam e diariamente verificamos o impacto positivo que a venda para mercados internacionais pode ter no crescimento do negócio dos nossos clientes”, afirmou o CEO da DHL Express, Ken Allen. “Também reconhecemos que virtualmente todas as categorias de produto têm potencial para fazer o upgrade para premium, oferecendo níveis superiores de qualidade de serviço para satisfazer a procura de clientes menos sensíveis ao preço.

O estudo baseia-se principalmente em pesquisa e entrevistas especializadas realizadas por uma consultora de gestão líder a nível global, bem como em mais de 1.800 respostas a um inquérito exclusivo de exportadores a retalhistas e fabricantes em seis países.

Comentários

comentários

Artigos relacionados