Organizações sociais querem ser mais tecnológicas

Apesar das organizações indicarem possuírem os sistemas de informação necessários para as suas actividades, 39% consideram-nos pouco adequados para as necessidades atuais

Versão para impressão
Com o intuito de ajudar a aumentar a eficiência tecnológica das organizações sem fins lucrativos a operar em Portugal, foi realizado pela Donate IT em parceria com a ENTRAJUDA ​um estudo junto de cerca de 1500 entidades para recolher dados sobre como utilizam as tecnologias de informação e como estão equipadas.

O estudo conclui que 95% das organizações sem fins lucrativos reconhece a importância dos sistemas de informação para o cumprimento da sua missão. No entanto, 63% das organizações debate-se com falta de computadores e 39% considera os sistemas disponíveis como pouco adequados. A desmaterialização de informação é a maior preocupação para 68% das organizações.

Perante estes resultados, Sofia Neto Canário, CEO da Donate-IT e responsável pelo projeto, aponta que “os resultados mostraram que há muito por fazer pelas tecnologias de informação no setor social. Os mais de 100 voluntários da Donate-IT terão a oportunidade colocar as suas competências tecnologias ao serviço de causas sociais.”

A Donate-IT é uma comunidade de voluntários nas mais diversas áreas das tecnologias de informação, que realiza projetos em regime pro-bono para ONGs, ONGDs, IPSS e outras organizações sem fins lucrativos. “Desde que fundamos a Donate-IT que queríamos saber o “estado da nação” para saber onde podemos ser relevantes e ajudar. Este estudo ajuda-nos a perceber exactamente quais as necessidades mais imediatas e onde poderemos ser mais úteis”, acrescenta a líder do projeto.

Para a ENTRAJUDA, criada para apoiar as Instituições Sociais com gestão e organização, para isso mobilizando voluntários qualificados, este estudo reveste elevada importância para apurar o “estado da arte” nesta matéria e propor respostas adequadas que possam gerar mais eficiência e, assim, contribuir para fortalecer o setor social.

Os resultados do estudo estão publicados no website da Donate-IT.

Comentários

comentários

Artigos relacionados