ilab

“A investigação iniciou-se em 2003, com a possibilidade de se depositar em papel filmes de óxidos semicondutores para aplicações da chamada Eletrónica Transparente”, começa por explicar à i9 Magazine a cientista e investigadora Elvira Fortunato, que acaba de ser nomeada, em conjunto com o investigador Rodrigo Martins, para o Prémio Europeu Inventor 2016, promovido pelo Instituto Europeu de Patentes.

Sabemos que o conhecimento desenvolvido e as tecnologias e invenções descobertas nos meios académicos são de extrema relevância para a valorização de um país. Sendo ainda mais importante, e com impacto ainda maior na economia, a conversão e aplicação desses saberes gerados em novas tecnologias, produtos e serviços disponíveis no mercado, para os consumidores.