Setor naval em Portugal

ISQ cria hub de qualificação para o mar

Versão para impressão
O ISQ assinou um protocolo de cooperação que estabelece as condições para a criação de um hub de qualificação e formação para a construção, reparação naval e gestão portuária.

Segundo refere Pedro Matias, Presidente do ISQ, “trata-se de criar uma parceria sólida e sustentável entre stakeholders estratégicos em Portugal neste setor, oriundos da Indústria Naval, Universidades, Centros Tecnológicos e Organismos Nacionais e Regionais, que permitam dinamizar, inovar, criar emprego qualificado, gerar maiores níveis de competitividade, impulsionar a internacionalização e acompanhar os desafios do paradigma económico e tecnológico da digitalização da industria no quadro da indústria 4.0”.

“Uma vez que o mar está na agenda portuguesa e sobretudo na Agenda Europeia, é da máxima pertinência criar competências dado que existe um gap de aptidões para este setor e necessidade de fazer parcerias Academia-Indústria, para colmatar o hiato existente ao nível do sistema educativo, em Portugal e na Europa”, sublinha Pedro Matias.

O hub de Qualificação e Formação para a Construção/Reparação Naval & Gestão Portuária consiste num consórcio constituído pelo ISQ, AtlanticEagle Shipbuilding, Universidade de Coimbra e Quasar. “Trata-se de uma parceria privada que visa dinamizar a qualificação dos profissionais que trabalham nos portos, a partir de experiências já realizadas noutros países e que são consideradas boas práticas”, refere Margarida Segard, adjunta da direção de formação do ISQ.

Neste contexto, “são necessárias novas competências para a Economia Azul e novas estratégias de formação para responder aos desafios da digitalização dos portos, adaptação ao LNG (Liquefied Natural Gas) e à modernização das indústrias navais”, acrescenta Margarida Segard.

Hub Naval: Inovação

Em Portugal, há necessidade de dotar os estaleiros de equipamentos mais modernos, implementar uma gestão de operações e planeamento mais capaz e desenvolver setores comerciais mais eficazes.

O objetivo do hub agora lançado pelo ISQ é qualificar e certificar mão-de-obra especializada, desenvolver cursos de formação inicial e avançada, desenvolver formação universitária, atrair para o setor jovens e adultos, qualificados ou pouco qualificados, aumentar níveis de empregabilidade de jovens, mulheres, população de risco ou população pouco qualificada, e trabalhadores pouco modernizados, otimizando os recursos logísticos e equipamentos do mar.

Comentários

comentários

Artigos relacionados