Start-up portuguesa Findster vence hackathon da Google

Equipa da Findster composta por Paulo Fonseca e Eduardo Carvalho desenvolveu uma Accelerated Mobile Page no Google I/O 2018.

Versão para impressão

Findster, start-up portuguesa que concebeu e desenvolveu um sistema de localização de animais de estimação em tempo real, acaba de anunciar que ganhou uma hackathon (maratona de programação) promovida pela Google. A equipa composta por Paulo Fonseca e Eduardo Carvalho desenvolveu uma Accelerated Mobile Page (AMP) no Google I/O 2018 que decorreu na Irlanda.

Numa hackathon que contou com a participação de 26 empresas mundiais, a equipa da Findster foi a única representante portuguesa em Dublin e arrecadou o primeiro lugar na sua primeira participação nesta conferência de programadores organizada anualmente pela gigante tecnológica norte-americana.

A equipa portuguesa criou e desenvolveu uma Accelerated Mobile Page – página de internet otimizada para um carregamento simplificado e mais rápido quando acedida através de dispositivos móveis – do site da Findster. O resultado final recebeu a maioria da votação atribuída não só pelos restantes programadores participantes, mas também pela Mobile Transformation Team da Google.

“Os hackathons de AMP são um ótimo formato para dispositivos móveis. O evento juntou programadores talentosos de toda a Europa que lhes permitiu, durante um dia, aprender as melhores práticas de desenvolvimento de AMP pelos engenheiros da Google”, afirmou Olga Nozal.

A gestora de UX Mobile da Google para Portugal e Espanha salienta ainda que “a Findster foi eleita a vencedora do evento com uma página muito bem desenhada e completa que respondia a todos os critérios. Com uma AMP foram capazes de reduzir os tempos de carregamento em 57% e conseguiram fazer esse trabalho impressionante em apenas algumas horas”.

“A vitória nesta maratona de programação promovida pela Google é uma prova da excelência tecnológica da Findster. O futuro do e-commerce é mobile e uma página mobile lenta é o suficiente para um cliente abandonar a página antes sequer dela carregar. Com o conhecimento adquirido nesta competição, implementámos também nós a tecnologia AMP na nossa página”, afirma André Carvalheira, managing director da Findster.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Há uns anos faziam parte do imaginário de muitos, hoje em dia com uma utilização mais generalizada por parte de miúdos e graúdos, os Drones são um setor da aviação em rápida evolução.