Tecnologias inovadoras de apoio a idosos apresentadas em Coimbra

O Active and Assisted Living Forum 2017 é um dos maiores eventos europeus no âmbito do envelhecimento ativo e saudável aliado à utilização de novas tecnologias e sistemas inteligentes. Realiza-se em Coimbra de 2 a 4 de outubro.

Versão para impressão
Com o tema Bridging the gaps between technology and active ageing. What can YOU do?, o Active and Assisted Living Forum (AAL Forum) vai dar a conhecer os últimos avanços na área das Tecnologias da Informação e Comunicação que podem contribuir para a redução da distância entre a tecnologia e a população idosa, com ênfase na promoção da independência e vida social dos mais velhos e na optimização dos gastos em saúde e apoio social.

O AAL Forum, que vai contar com cerca de 700 participantes, 30 stands na zona demonstradora, 24 workshops interativos, sessões plenárias e alguns eventos sociais, é direcionado para profissionais envolvidos no setor de tecnologia com interesse no envelhecimento, prestadores de cuidados sociais e de saúde, investidores e decisores internacionais e nacionais no domínio da saúde, apoio social, tecnologia e inovação.

Este evento promove uma oportunidade única de networking no seio desta comunidade, fomentando o interesse entre os vários setores do AAL e o debate sobre vários tópicos relacionados, com destaque para os últimos avanços nesta área. As inscrições podem ser feitas aqui.

Idosos podem testar e avaliar tecnologias apresentadas no AAL Forum

Em conjunto com o Ageing@Coimbra, Região Europeia de Referência para o Envelhecimento Ativo e Saudável, o AAL Forum vai promover o envolvimento dos utilizadores finais (idosos) na comunidade que desenvolve produtos e serviços para este mercado. Numa iniciativa inédita para a edição deste ano, está a ser organizado o “Stand Award” – distinção qualitativa outorgada pelo Ageing@Coimbra – para o stand com melhor avaliação feita pelos idosos que visitam o evento.

CogniWin ajuda idosos a continuarem ativos e produtivos no local de trabalho

O projeto CogniWin, desenvolvido no Laboratório de Automática e Sistemas do Instituto Pedro Nunes, é uma das tecnologias que marca presença no AAL Forum. Trata-se de um sistema inovador e personalizado para motivar os idosos a continuarem ativos e produtivos no seu ambiente laboral, melhorando a sua eficiência através de diversos componentes de software (assistente de tarefas, assistente de bem-estar) e dispositivos (rato inteligente com sensores, sistema de seguimento do olhar).

O CogniWin ajuda os idosos a superar eventuais dificuldades relacionadas com a diminuição gradual da memória e das capacidades cognitivas, ao mesmo tempo que contribui para aumentar as suas potencialidades de aprendizagem, resultando numa melhor aceitação da mudança organizacional e da infraestrutura. Este projeto funciona em consórcio na Universidade de Geneva (CH), Microsoft (PT), Orbis (NL), AIT (AT), ArgYou (CH), Ingenieria y Soluciones Informaticas (ES) e Citard (CY).

Robot melhora qualidade de vida de idosos que vivem sozinhos

O Grow Me Up é um robot inteligente equipado com um software que auxilia idosos em tarefas quotidianas e dá o alerta em caso de urgência. Permite avisar as pessoas de que têm de tomar a medicação, lembrá-las das tarefas que têm programadas para aquele dia ou detetar quedas. Este é um projeto liderado pelo Instituto de Sistemas e Robótica da Universidade de Coimbra e que envolve parceiros de outros países europeus.

O Grow Me Up, que está a ser testado na Cáritas Diocesana de Coimbra, permite ainda uma interação com o idoso, analisando o seu comportamento e detetando as suas preferências. Se, por exemplo, o utilizador não cumprir a rotina que tem planeada ou que costuma normalmente cumprir, o robot vai questionar o idoso e avisar o cuidador do que se está a passar. Esta tecnologia permite um acompanhamento permanente ao idoso que, em situação de perigo, pode contactar com o exterior.

Comentários

comentários

Artigos relacionados