Últimos dias para candidatura a 500 mil euros de investimento para start-ups de energia sustentável

InnoEnergy lança última chamada às start-ups portuguesas para obterem mais de 500 mil euros em investimento na área da energia

Versão para impressão

O prazo final para as empresas ibéricas que pretendem candidatar-se à convocatória anual de start ups da InnoEnergy está a aproximar-se. O maior motor europeu de inovação em energia sustentável está a oferecer, até 24 de junho, investimento e apoio de gestão num valor até 500 mil euros aos melhores empreendedores e pequenas empresas na área das energias limpas.

Além do investimento, os candidatos poderão também ter acesso a uma network de mais de 350 parceiros e à comunidade europeia de venture capital; mentoria e aconselhamento a nível executivo; assim como um lugar na primeira fila em eventos de energia, incluindo o The Business Booster – o evento de networking anual da InnoEnergy onde empresas de toda a cadeia de valor da energia estão presentes para conhece várias inovações num só evento.

Josep-Miquel Torregrosa, Business Creation Officer da InnoEnergy, afirma: “Na InnoEnergy, temos a missão de chegar mais rapidamente a um futuro com baixas emissões de carbono ao impulsionar os melhores empreendedores e inovadores no sector das energias limpas e sustentáveis”.

“Estamos à procura de pequenas empresas com grandes ambições de mudar o mundo de amanhã para que possamos oferecer-lhes a oportunidade única de ter acesso a uma rede de apoio de empresas líder na indústria. Em última instância, estamos à procura de organizações que tenham a capacidade e vontade de construir hoje um futuro mais sustentável!”

Na convocatória de 2017, a InnoEnergy investiu mais de um milhão de euros em oito start-ups nas áreas da energia solar, gestão de energia, captura de CO2, produção de energia a partir de resíduos e armazenamento de energia. Os candidatos selecionados incluem a FlexiDAO, uma plataforma que revela o potencial de procura-oferta energética em pequena escala, como o carregamento de veículos elétricos, utilizando o blockchain, e a Ingelia, uma empresa cuja tecnologia produz hidrochar a partir de diferentes fontes de resíduos orgânicos.

O investimento é realizado através dos dois programas de aceleração da InnoEnergy: Highway™ e Boostway™. O Highway™ apoia start-ups embrionárias na sua fase de entrada no mercado e o Boostway™ apoia PME’s em fase de crescimento através da sua internacionalização e escalabilidade de negócio.

A convocatória para start-ups está aberta até dia 24 de junho e está disponível para empresas a trabalhar numa das oito áreas temáticas da InnoEnergy:

  • Energias renováveis
  • Armazenamento de energia
  • Eficiência energética
  • Energia a partir de compostos químicos
  • Redes elétricas inteligentes
  • Cidades e edifícios inteligentes
  • Tecnologias limpas a carvão
  • Energia nuclear sustentável e convergência com renováveis

Para candidaturas, visite: http://www.innoenergy.com/call-for-energy-startups

Comentários

comentários

Artigos relacionados