Vodafone Power Lab e UPTEC vão apresentar 17 novos projetos

É já no próximo dia 2 de fevereiro, pelas 14h30, que vai decorrer o Pitch Day, apresentado por Fernando Alvim no auditório do Centro de Investigação Médica da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. O evento vai encerrar a 8.ª edição da Escola de Startups, um programa de aceleração e mentoring que tem a duração de três meses e promove ideias de negócio nas áreas tecnológicas, científica e criativa.

Versão para impressão
Durante a iniciativa os promotores dos 17 projetos empresariais terão três minutos para apresentar a ideia de negócio e convencer o painel de jurados a votar no seu projeto.

Entre as ideais existem projetos de produção e/ou modificação de têxteis que armazenam energia para alimentação de sensores integrados em roupa; uma aplicação de apoio à decisão de investidores em mercados financeiros na área de produtos complexos/derivados; uma comunidade de criativos que integra no mesmo local um cowork, oficinas, laboratório/estúdio de fotografia e uma loja de autores/designers; uma ferramenta para criar um plano do que fazer nas viagens consoante interesses, budget e tempo disponível; uma comunidade online para pessoas que queiram cozinhar para outras; uma produtora que já criou comerciais, videoclips, vídeos corporativos e curta-metragens; uma plataforma de apoio à decisão para diretores de órgãos de comunicação; uma ferramenta para criar especificações funcionais de forma fácil, rápida e automática que aprende com cada especificação escrita.

 

O palco do Pitch Day também dará voz a ideias de negócio que pretendem criar óculos com capacidade de registar vídeo e áudio em cirurgias; uma plataforma que cria histórias com dados em tempo real para ajustar estratégias de social media; um projeto de divulgação e comercialização de produtos homeware e lifestyle, envolvendo designers, artesãos e a indústria; joalharia de autor que combina a formação em arquitetura com técnicas tradicionais de joalharia originando peças únicas; uma plataforma para agilizar a comunicação entre instituições de ensino e encarregados de educação; uma ferramenta online que aproxima os clientes aos profissionais e produtos da construção, num ambiente visual 3D e interativo; uma plataforma que conecta organizações com o seu público-alvo para obter feedback de usabilidade de um produto; uma plataforma online de vídeos de treinos de dança, sistema de feedback e incentivos destinada a dançarinos profissionais; uma app com algoritmo que transforma as saídas de amigos em noites inesquecíveis e ajuda os gerentes dos espaços noturnos na gestão dos seus eventos.

Os vencedores do Pitch Day terão direito a incubação em regime cowork no UPTEC, com o apoio Vodafone Power Lab, assim como a 20 horas gratuitas em serviços jurídicos da CCA Ontier.

As inscrições no evento devem ser realizadas aqui.

Ao longo de oito programas, o programa desenvolvido pela UPTEC já apoiou mais de 150 ideias de negócio e 450 empreendedores. O Vodafone Power Lab é um programa de incentivo à inovação e ao empreendedorismo iniciado pela Vodafone Portugal em 2009. A parceria entre as duas entidades surgiu em março de 2015, com o objetivo de alargar o raio de ação do Vodafone Power Lab à zona norte do País e, ao mesmo tempo, promover uma maior articulação e coordenação entre o universo empresarial e universitário.

Comentários

comentários

Premio Startup Montenegro 2017

Artigos relacionados