Como a internet revolucionou o mercado imobiliário

Sabemos hoje que mais de 90% dos compradores, durante o seu processo de pesquisa, recorreram à intranet para procurar uma casa.

Versão para impressão

 

por Alfredo Valente, Diretor-Geral da iad Portugal

 

A internet assumiu um lugar quase que insubstituível na vida das pessoas. Como não poderia deixar de ser, este facto também é visível no mercado imobiliário. A verdade é que já teremos alguma dificuldade em nos lembrarmos como era procurar uma nova casa antes da era da internet. Procurar uma agência imobiliária na zona, fazer figas para ter sorte com o consultor “de plantão”, fazer ainda mais figas para ter sorte com o portfólio de imóveis daquela agência. Hoje em dia, a procura de casa – para arrendar ou comprar – está à distância de um clique.

A internet veio, sem dúvida, revolucionar o mundo da mediação imobiliária e nós na iad fomos pioneiros em percebê-lo e em nos posicionarmos com um modelo de organização pensado para esta nova era. E a verdade é que todos os stake holders beneficiaram deste novo horizonte de negócio.

Para o cliente vendedor é claro um ganho em potencial de exposição e visibilidade da sua propriedade, permitindo oferecê-la a um mercado incomensuravelmente maior. Além disso, sabemos hoje que mais de 80% dos clientes vendedores recorrem à internet para contratar um consultor imobiliário.

Por outro lado, o cliente comprador ganha um universo de possibilidades de escolha, garantindo o máximo de informação sem depender do portfolio de um consultor ou agência.

Já ao consultor imobiliário são oferecidas novas possibilidades de marketing, tanto de produto, como de marketing pessoal.

Sabemos hoje que mais de 90% dos compradores, durante o seu processo de pesquisa, recorreram à intranet para procurar uma casa. Em mais de 50% dos casos, acabam por comprar a cada que descobriram na intranet.

O consultor iad está particularmente bem posicionado para lidar com este contexto já que opera com um modelo de negócio especificamente concebido em ambiente de desmaterialização. Graças à sua formação e às ferramentas que lhe são disponibilizadas, está habilitado a tirar o máximo partido do ambiente web.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close