E-commerce em Portugal

85% dos portugueses fazem as suas compras online fora do país

Versão para impressão

Há já vários anos que as vendas online têm crescido a dois dígitos a nível global. “As empresas nacionais devem ajustar-se à realidade do ecommerce dos dias de hoje, mercado que em 2017 representou um volume de vendas de 2 biliões de euros a nível mundial e espera-se que ascenda aos 4,6 biliões de euros em 2021”, afirma Nuno Rangel, CEO da Rangel Logistics Solutions, no âmbito da BOW – 2ª Conferência Internacional “Business on the Way”, promovida pela AEP no Porto.

Em Portugal, apenas um terço da população recorre à internet para fazer as suas compras, sendo a média europeia o dobro deste valor. No entanto, Nuno Rangel salientou que o indicador de ecommerce mais crítico para as empresas nacionais é o elevado comércio Cross Border, isto é, 85% dos consumidores portugueses fazem as suas compras online fora das nossas fronteiras.

“Por aqui se vê o potencial que existe para o tecido empresarial português. É fundamental que as empresas nacionais se ajustem a esta realidade e desenvolvam uma estratégia de ecommerce que inclua uma componente logística rápida e eficiente, pois isso é o que o cliente online cada vez mais exige – preço e rapidez na entrega do produto”, afirmou na conferência.

Vários estudos internacionais apontam que a logística/distribuição é um dos principais motivos para não ser fácil vender internacionalmente. Como resposta a este desafio e de forma a apoiar o tecido empresarial português, a Rangel Logistics Solutions lançou em 2016 no Web Summit a solução Rangel Ecommerce Full Service. Um serviço de logística completa e integrada para ecommerce, dirigido às empresas que querem melhorar ou dar o salto para as vendas online. O serviço integrado assegura todas as componentes do retalho online, desde o desenvolvimento de plataformas, serviços de logística e transporte, marketing digital e apoio ao cliente em várias línguas.

“Temos também desenvolvido ferramentas tecnológicas, que permitem dar visibilidade ao e-shopper em todo o processo logístico, para uma melhor e mais consistente experiência de compra.”, refere Nuno Rangel.

O programa Business On the Way, promovido pela AEP, desenvolve dezenas de ações em vários mercados internacionais. A 2ª Conferência Internacional BOW realizou-se no dia 29 de Novembro, na sede da AEP em Leça da Palmeira, e abordou o desenvolvimento da economia digital e as novas oportunidades de internacionalização que o ecossistema digital, extremamente complexo e dinâmico, apresenta às empresas.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close