EDP Distribuição promove Sharing Cities Day

A EDP Distribuição promoveu a realização do Sharing Cities Day. O evento decorreu na segunda quinzena de setembro, na Galeria de Exposições dos Paços do Concelho e no Showroom do Projeto Sharing Cities, ambos localizados na Praça do Município, em Lisboa.

Versão para impressão
Esta edição do Sharing Cities Day debruçou-se sobre questões como as Plataformas Urbanas Colaborativas e o futuro Centro de Operações Integrado (COI) de Lisboa.

A abertura esteve a cargo de Joaquim Teixeira, Diretor da Direção de Organização e Desenvolvimento da EDP Distribuição.Seguiu-se um Painel “Medidas Sharing Cities”, moderado por António Aires Messias, Assessor do Conselho de Administração e responsável pelo Gabinete da Agenda Europeia. Neste Painel participaram António Sanches (Diretor da Direção de Rede e Clientes Lisboa), Nuno Xavier (PMO da Câmara Municipal de Lisboa), Carlos Silva (Instituto Superior Técnico) e João Caetano (Centro de Excelência para a Inovação da Indústria Automóvel).

No intervalo para café foi realizada uma visita ao Showroom do Sharing Cities, situado na Praça do Município, junto dos Paços do Concelho de Lisboa. Seguiu-se uma apresentação do Centro de Operações Integrado (COI), pelo seu responsável, João Tremoceiro, da Câmara Muncipal de Lisboa.

O Presidente do Conselho de Administração da EDP Distribuição, João Torres, procedeu de seguida à intervenção de encerramento do evento, reiterando o seu orgulho pelo facto de a empresa estar profundamente envolvida neste projeto financiado pela Comissão Europeia e, por essa via, acompanhar a par-e-passo o estado-da-arte das tecnologias que hão de liderar o Futuro.

O projeto Sharing Cities, coordenado pela Área Metropolitana de Londres e no qual estão envolvidas 35 entidades e empresas – sete das quais portuguesas – recebeu fundos do Programa de Pesquisa e Inovação Horizonte 2020, da União Europeia. A meta a atingir é tornar as cidades inteligentes numa realidade, promovendo o envolvimento de cidadãos, empresas e instituições, num compromisso de utilização inteligente e racional dos recursos energéticos – utilização essa a que se junta, agora, uma componente altamente participativa dos consumidores.

Tendo como cidades-piloto Londres, Milão e Lisboa, o projeto será replicado nas cidades seguidoras Bordéus (França), Burgas (Bulgária) e Varsóvia (Polónia).

Os seus dez grandes e ambiciosos objetivos são:

1 – Agregar a procura e implementar soluções nas cidades inteligentes

2 – Entregar modelos de negócio inovadores comuns e replicáveis

3 – Atrair investimento externo

4 – Acelerar a aplicação de soluções para as cidades inteligentes

5 – Conduzir regiões com eficiência energética

6 – Fazer pensar de modo irreversível nas energias renováveis locais

7 – Avançar para novos modelos de mobilidade elétrica

8 – Garantir o sucesso do envolvimento dos cidadãos

9 – Tirar o máximo partido dos dados gerados pelas cidades

10 – Promover a inovação a nível local, criar novos negócios e empregos

 

Saiba mais acerca deste projeto em http://www.sharingcities.eu ou no Twitter @CitiesSharing_https://twitter.com/CitiesSharing

 

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close