“InfiniteBook”: o caderno Português que é top de vendas na Amazon

Para este crescimento muito tem contribuído a experiência do investidor Tim Vieira que incluiu a Infinite Book no seu portfólio de investimentos.

Versão para impressão

Enquanto estudante, Pedro Lopes, o jovem fundador da start up InfiniteBook, sempre sentiu necessidade de poder ser criativo na forma como estudava e tirava apontamentos. De usar caderno normal a usar “white board” no seu quarto, a procura pela ferramenta ideal foi acelerando o processo de criação do agora reconhecido caderno.

O InfiniteBook apresenta-se como um símbolo de liberdade, criatividade e aprendizagem. Uma “plataforma” que tem como grande vantagem a possibilidade de reutilização e também a experiência de escrita que oferece. Para além disso, o InfiniteBook é um produto eco-friendly uma vez que a sua utilização contribui para a reutilização de materiais, deixando assim de parte o consumo de papel como material de rascunho.

Qual a magia? “Conseguimos passar um quadro de parede para uma folha igual ou menor que uma A4, num material maleável e que faz com que o texto seja permanente o suficiente para não sair com a mão, mas também suficientemente fácil de apagar quando necessário.” – afirma Pedro que desenvolveu toda a tecnologia até ao produto final.

Este caderno é já utilizado por milhares de pessoas de todo o mundo, uma vez que se encontra disponível na plataforma Amazon, onde o caderno é top de vendas da categoria “office”. Como se isso não bastasse, as parcerias institucionais multiplicam-se e empresas como UBER, GALP, EDP, Farfetch, Feedzai e outras, não quiseram deixar de estar na vanguarda das ferramentas de escritório para otimização de trabalho.

Por tudo isso, surge a edição Genius, uma nova coleção que transmite a ideia de que todos erramos, mesmo os génios. “A inovação baseia-se na tentativa e erro, quando nos estamos a lançar para o desconhecido não podemos ter medo. É um salto de fé, na esperança que saia dali algo grandioso.” – refere Pedro como conceito para a nova coleção.

A visão para esta coleção foi não só desenhar um caderno utilitário, mas também representar a liberdade, criatividade e aprendizagem que todos temos, até os génios – quando estamos ativamente a trabalhar nos nossos projetos. Em suma, os génios criam-se, ajustam-se e reinventam-se. Procuramos o mesmo para o nosso dia-a-dia criativo.

2018 tem-se revelado um ótimo ano com resultados extremamente positivos o que coloca a startup próxima de fechar o ano com 250 mil euros de faturação, representando um crescimento de mais de 100% face ao ano de 2017. Para este crescimento muito tem contribuído a experiência do investidor Tim Vieira que incluiu a Infinite Book no seu portfólio de investimentos.

“Ao investir no InfiniteBook, não só estou a investir num produto inteligente, mas também num jovem empreendedor dinâmico e motivado que é o Pedro. Estou feliz por crescer esta empresa com ele e partilhar este produto criativo com o mundo. Quando há uma boa ideia e um bom empreendedor, a probabilidade de sucesso aumenta substancialmente.” – diz Tim Vieira.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

O Nors Digital Disruptors é uma competição internacional entre start-ups na área da mobilidade, logística, fintech e customer experience que pretende encontrar as melhores soluções disruptivas nas principais áreas de atuação do grupo Nors.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close