InovCluster divulga setor agroalimentar português em Moçambique

A InovCluster – Associação do Cluster Agro-Industrial do Centro, de Castelo Branco deu início à execução do seu mais recentemente projeto aprovado “AgriExport 4.0”

Versão para impressão

 

A InovCluster – Associação do Cluster Agro-Industrial do Centro, marcou presença entre os dias 27 de agosto e 2 de setembro na 54ª Edição da FACIM – Feira Agropecuária, Comercial e Industrial de Moçambique em Ricatla, Marracuene, em Maputo.

A feira, que tem como missão o alargamento do mercado, a promoção do investimento e a potenciação de parcerias, contou com a presença de uma gama alargada de produtos de empresas do setor agroalimentar português que procuram oportunidades no mercado moçambicano, através da representação da InovCluster.

O Pavilhão de Portugal, localizado na entrada do Pavilhão internacional da Facim, foi a maior presença estrangeira, numa feira em que os visitantes tiveram oportunidade de degustar os produtos representados, tendo estes, feito as delícias não só do público moçambicano, mas também dos restantes visitantes internacionais no certame.

Aos tradicionais produtos como o Bacalhau, o Queijo, o Azeite, o Vinho, o Licor de Ginja, o Presunto e os Enchidos, juntaram-se os mais contemporâneos Snacks Aperitivos Premium, as Conservas Gourmet e os Vinagres de Mel, demonstrando todo o potencial e excelência do sector agroalimentar nacional.

As reuniões paralelas ao evento foram de extrema importância pois permitiram um contacto mais próximo com a realidade das empresas no terreno. Este ano destacam-se as reuniões dirigidas à área alimentar e distribuição com os Spar supermercados, supermercados Central, Horta Boa, Grupo Terramar, Grupo Taverna, que produziram leads de negócio.

Tendo o mercado moçambicano uma histórica ligação cultural a Portugal, e estando este numa fase de crescimento e procura de produtos internacionais, a InovCluster identifica este como sendo um mercado com potencial para explorar a recetividade e interesse de exportação para as empresas portuguesas do setor, sendo reflexo do número de oportunidades de negócio identificadas durante a ação.

O pavilhão de Portugal na FACIM foi organizado pela fundação AIP – Associação Industrial Portuguesa, com o apoio institucional da AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, tendo recebido a visita de inúmeros membros do Governo Moçambicano – Primeiro Ministro, Ministro da Indústria e Comércio, Ministro das Obras Públicas e Habitação – do Governador de Maputo, Secretária Permanente para Marracuene, entre outros.

Ainda no âmbito da realização da Facim, foi realizada a Gala de Prémios Agrobusiness Moçambique 2018 e a Gala de Prémios Cooperação Moçambique Portugal e Tektónica Moçambique 2018, onde marcaram presença os Secretários de Estado da Internacionalização de Portugal, Eurico Brilhante Dias, das Florestas e Desenvolvimento Regional, Miguel Freitas e o Presidente da Aicep, Luís Castro Henriques.

Esta ação insere-se no âmbito do projeto AgriExport 4.0, uma iniciativa de promoção internacional e de capacitação das PME do setor agroindustrial, promovida pela InovCluster e Agrocluster do Ribatejo com o objetivo de promover o aumento das exportações e a visibilidade internacional de Portugal, sendo financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, no montante de 1.107.168,81 euros, dos quais 941.093 euros são provenientes do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close