IT cria software para aumentar empenho dos utentes na fisioterapia

TailorPhy é o projeto que, através da aplicação de jogos sérios, promove o empenho dos utentes e garante maior rigor nas terapias

Versão para impressão
Utilizar as tecnologias de informação e comunicação (TIC) para monitorizar os exercícios de fisioterapia. É este o ponto de partida do TailorPhy – Smart Sensors and Tailored Environments for Phisiotherapy – projeto desenvolvido pelo Instituto de Telecomunicações (IT), pólo de Lisboa –, que tem como objetivo melhorar os processos de reabilitação motora e a gestão clínica das terapias. A tecnologia permite a medição dos movimentos funcionais dos pacientes durante as sessões de fisioterapia, garantindo um maior rigor na intervenção técnica e uma maior objetividade na avaliação do utente. O programa garante, igualmente, uma leitura mais exata da evolução dos tratamentos.

No âmbito do projeto de investigação TailorPhy, coordenado por Octavian Postolache – investigador sénior do Instituto de Telecomunicações (IT-IUL) e docente no Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE – IUL) – foram, ainda, desenvolvidos vários softwares com aplicações baseadas em Kinect. Refira-se, a este nível, o desenvolvimento de jogos sérios como o Apple Harvesting, que estimula o treino dos membros superiores ou mesmo da aplicação Step the Tile para o treino dos membros inferiores e equilíbrio global do corpo. Refira-se que o TailorPhy surge no contexto de um forte investimento na área de inovação médica realizada pelo Instituto de Telecomunicações, que comemora 25 anos ao serviço do desenvolvimento científico.

JustPhysioKidding – Fisioterapia a brincar

JustPhysioKidding é, por sua vez, o nome atribuído ao projeto que tem como objetivo aumentar o desempenho na fisioterapia das crianças com paralisia cerebral através de jogos, incentivando-as a realizar movimentos repetitivos – pré-definidos pelo terapeuta – que sejam necessários à sua recuperação. A plataforma inclui, também, uma interface que permite ao fisioterapeuta analisar os dados recolhidos, possibilitando uma monitorização mais eficaz da reabilitação e evolução do paciente.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close