Maratona digital para resolver desafios sociais está de volta

Já estão abertas as candidaturas à 3ª edição do hackaton organizado pela Fundação Calouste Gulkbenkian e que terá lugar no Palácio dos Correios.

Versão para impressão

Já estão abertas as candidaturas à terceira edição do Hack for Good, organizado pela Fundação Calouste Gulkbenkian. Os projetos que mais se destacarem na maratona digital que acontecerá nos dias 5 e 6 de maio, no Palácio dos Correios, no Porto, serão levados, em novembro, à Web Summit Lisboa. O Hack for Good é uma maratona tecnológica no qual se convidam informáticos, designers, gestores, engenheiros e outros interessados em colocar a tecnologia ao serviço da resolução de problemas sociais, a apresentar propostas para resolver esses mesmos problemas.

Na edição de 2018, os hackers serão desafiados a criar uma ferramenta capaz de aumentar o bem-estar das camadas mais novas da população. Trata-se de um desafio que vem somar-se aos das edições anteriores, nomeadamente a integração de refugiados e migrantes e bem-estar dos idosos.

O grande momento da iniciativa Hack for Good, a Hackathon, está marcado para os dias 5 e 6 de maio, no Palácio dos Correios, no Porto. Mas o evento não se limitará ao primeiro fim de semana de maio. No final deste mês, a organização parte em viagem pelo país, em busca das melhores ideias. Já depois da Hackathon, os melhores projetos serão convidados a participar num Bootcamp, onde serão preparados para participarem na Web Summit.

Inscrições e mais informações em www.hackforgood.pt

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close