Semana Europeia da Programação começa amanhã

Até ao momento já estão agendados mais de 12.500 eventos em toda a Europa.

Versão para impressão

 

A sexta edição da Semana Europeia da Programação (EU Code Week) realiza-se entre os dias 6 a 21 de outubro. Durante os próximos dias crianças, jovens, adultos, pais, professores, empresários e responsáveis políticos reunir-se-ão uma vez mais em eventos, salas de aula e bibliotecas, em toda a Europa e no resto do mundo, para aprender a utilizar a programação informática enquanto instrumento de criação.

A Semana Europeia da Programação é uma iniciativa organizada por voluntários que promovem a programação informática, o desenvolvimento cognitivos e o pensamento computacional nos seus países, na qualidade de «embaixadores» da Semana Europeia da Programação.

Desde 2013, a Semana Europeia da Programação organizou mais de 62 000 eventos, que tiveram lugar em 52 países, dentro e fora da Europa. Na edição de 2017, participaram mais de um milhão de pessoas, em mais de 25 mil eventos.

Esta iniciativa procura demonstrar como é possível dar vida a ideias e encontrar soluções através da programação informática. Ao mesmo tempo pretende valorizar e dar visibilidade à programação, bem como motivar as pessoas à sua aprendizagem e compreensão.

Até ao momento já estão agendados mais de 12.500 eventos em toda a Europa, 4 dezenas deles em Portugal, sendo expectável que este valor duplique até ao final do evento.

Bruno Ferreira, embaixador português da Semana Europeia da Programação, afirma que “esta iniciativa visa valorizar as competências digitais numa sociedade cada vez mais dependente da tecnologia. Se a Europa quiser liderar na era digital é indispensável o investimento na capacitação da sociedade, através da aprendizagem ao longo da vida, do maior envolvimento da população feminina e da integração das competências digitais nos currículos escolares.”

“Esta iniciativa, além de promover as competências digitais, irá permitir a milhares de pessoas, de todas as idades, um primeiro contacto com a programação. Hoje, 90% dos empregos exigem competências digitais básicas, mas um terço da força de trabalho europeia carece dessas habilidades. As 350.000 vagas de trabalho por preencher para especialistas em tecnologia da informação e comunicação na Europa mostram que a transformação digital europeia é retardada pela falta de pessoas com estas qualificações.”

A organização de eventos no âmbito da Semana Europeia da Programação é livre e pode ser realizada através do website codeweek.eu, que funciona como um catálogo de iniciativas.

Semana Europeia da Programação — Programe o seu percurso!

Todos podem criar com a programação. As escolas, crianças, jovens, pais, professores, empresas e programadores podem consultar os nossos recursos e começar a organizar o seu próprio evento. Os eventos podes ser registados no mapa da Semana Europeia da Programação em http://codeweek.eu.

  • Crianças, jovens e adultos: podem participar nas várias atividades propostas ou organizar eventos destinados a mostrar de que forma a programação pode ser um instrumento de criação.
  • Programadores: podem organizar workshops em escolas, laboratórios tecnológicos (hacklabs) ou centros comunitários.
  • Professores: podem dar aulas de programação, partilhar os seus planos de aulas, organizar seminários para os colegas e convidar os pais e encarregados de educação, que saibam programar, a partilhar as suas experiências e a participar no desafio CodeWeek4All.
  • Pais: podem incentivar os filhos a participar em workshops de programação.
  • Empresas e organizações sem fins lucrativos: podem acolher workshops de programação, incentivar os seus colaboradores a organizar formações e passatempos lúdicos de programação para jovens ou patrocinar atividades relacionadas com a programação.
  • Qualquer pessoa que participe numa atividade deste tipo pode contar a sua experiência e motivar outras pessoas a participar!

Porquê aprender a programar?

Vivemos num mundo caracterizado pela rápida evolução da tecnologia. A nossa forma de trabalhar, comunicar, fazer compras e pensar alterou-se radicalmente. Para fazer face a estas mudanças e compreender o mundo que nos rodeia, precisamos não só de perceber o modo como funcionam as novas tecnologias, mas também de desenvolver as competências e capacidades necessárias para nos podermos adaptar a esta nova era.

Aprender a programar ajuda-nos a perceber como o mundo funciona, a desenvolver ideias e a criar, tanto para fins profissionais como lúdicos. Além disso, a programação torna-nos mais criativos e permite-nos colaborar com outras pessoas, independentemente de estarem perto de nós ou espalhadas pelo mundo. É importante tornar a programação acessível a todos. A Semana Europeia da Programação visa cativar todos, independentemente da idade e do género.

A programação é o passo em frente para as competências digitais, no trabalho e na vida

A economia e a sociedade atuais exigem que tenhamos, pelo menos, competências digitais básicas. Independentemente do seu modo de vida ou tipo de trabalho, as competências digitais e a programação são ou serão necessárias. Além disso, os profissionais das TIC são um pilar fundamental da força de trabalho moderna em todos os setores da economia europeia. A procura tem um crescimento anual de 3% e o número de licenciados em informática não tem a tem podido acompanhar. Como tal, e apesar do elevado nível de desemprego na Europa, muitos lugares para informáticos estão ainda por preencher.  Atualmente existem 350 000 vagas de trabalho abertas para especialistas em tecnologia da informação e comunicação na Europa.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close