Start-up consegue imprimir-lhe uma casa por apenas 35 euros

A pequena habitação seria capaz de responder a necessidades de alojamento mais urgentes, por exemplo, depois de catástrofes naturais.

Versão para impressão
Um dos primeiros problemas a resolver depois de catástrofes naturais passa pela habitação dos desalojados, uma questão que obriga sempre a encontrar soluções que estão longe das ideais. A start-up italiana Wasp crê ter encontrado uma solução para este problema que, além de simples, também é barata ao custar apenas 35 euros.

Esta solução foi encontrada por via da tecnologia de impressão 3D. Uma impressora com 12 metros de altura e sete de largura é capaz de construir uma pequena casa com recurso a barro.

A casa tem quatro metros de altura, é circular e tem cerca de seis metros de diâmetro, providenciando espaço suficiente para uma pequena família em caso de necessidade urgente. O telhado não está incluído na construção uma vez que apenas é montado depois da casa.

Ainda que uma impressora destas demore cerca de uma semana a construir uma única habitação, a Wasp fez com que sejam fáceis de montar e transportar, para qualquer parte do mundo sendo possível colocar várias a trabalhar em simultâneo em diferentes pontos.

Outros dos objetivos dos fundadores da start-up passam por aumentar o tamanho das casas e tornar possível que as máquinas trabalhem com recursos a energia solar ou eólica.

 

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close