7 distritos vão discutir final do Prémio FAQtos 2017

Alunos de escolas secundárias dos Açores, Aveiro, Faro, Lisboa, Porto, Madeira e Viseu vão defender projetos sobre radiofrequências na final do concurso do INOV-INESC e IST

Versão para impressão
As utilizações das radiofrequências emitidas por sistemas de comunicações móveis vão voltar a estar em foco já no próximo dia 8 de Julho, quando alunos de dez grupos representantes de sete distritos de Portugal disputarem a final do “Prémio FAQtos 2017 – Aplicando as RF”.

Trata-se do culminar do 4o ano do projeto de investigação do INOV-INESC com o Instituto Superior Técnico (IST) responsável por informar o grande público e por envolver a comunidade escolar nacional na criação de uma consciência coletiva sobre o impacto das radiações eletromagnéticas na saúde e no ambiente.

Açores, Aveiro, Faro, Lisboa, Porto, Madeira e Viseu são os distritos de origem dos dez grupos/trabalhos finalistas deste ano (listados abaixo), dos quais apenas três sairão vencedores. Em causa estão prémios entre os 500 e os 1.500 euros, havendo ainda prémios para os professores orientadores e respetivas escolas.

Na apresentação pública a decorrer no Centro de Congressos do IST os alunos enfrentarão o júri final composto por Luís M. Correia (Coordenador do projeto FAQtos e IST, Universidade de Lisboa), Custódio Peixeiro (IST, Universidade de Lisboa), Carolino Monteiro (Faculdade de Farmácia, Universidade de Lisboa), Isaura Vieira (Direção-Geral da Educação), Pedro Rosário (Direção Geral de Saúde) e Diana Pinto (Vodafone).

A estes caberá a classificação de projetos como ”Smart Glove for Signed Language” (luva com hardware que converte movimentos gestuais para texto a traduzir para discurso pelo Google Speech e envia, por Bluetooth, mensagens para smartphones), “Smoke the Fire” (dispositivo detetor de fumo a instalar no topo de árvores e postes de eletricidade para auxiliar o combate a incêndios) e “Colete para Invisuais” (sistema adaptado a colete que, através de vibrações, notifica a pessoa invisual sobre obstáculos).

Até atingirem a final, os grupos ultrapassaram várias fases eliminatórias de avaliação. No total, o Prémio FAQtos 2017 recebeu candidaturas de 62 grupos, o equivalente a 193 alunos e 40 professores de 35 escolas secundárias de 13 distritos e 2 regiões autónomas.

Comentários

comentários

Artigos relacionados