Noite Europeia dos Investigadores com mais de 30 atividades em Braga

Escola de Ciências da UMinho propõe quase dez horas de experiências, demonstrações, exposições e workshops para todos.

Versão para impressão

São mais de três dezenas de atividades científicas gratuitas que cidadãos de todas as idades podem experimentar esta sexta-feira, dia 28, das 14h30 às 24h00, no Altice Forum Braga. A iniciativa coordenada pela Escola de Ciências da Universidade do Minho (ECUM) insere-se na 14ª edição da Noite Europeia dos Investigadores (NEI), que tem o tema “Ciência na cidade” e decorre em simultâneo em mais de 300 cidades de 30 países. A abertura oficial em Braga realiza-se às 16h30, prevendo-se a presença da vice-reitora da UMinho para a Cultura e Sociedade, Manuela Martins, do pró-reitor para os Assuntos Estudantis e Inovação Pedagógica, Manuel João Costa, da presidente da ECUM, Manuela Côrte-Real, do coordenador local da NEI, José Brilha, e da vereadora da Cultura e Educação, Lídia Dias.

Há tanto para tocar e observar no recinto que o mais difícil é por onde começar. Os participantes vão poder fazer uma viagem pela luz em dez passos, mexer em filmes finos, baterias e sensores, perceber como a memória nos engana, ver minerais ao microscópio e a química do dia-a-dia, obter técnicas para conservar sementes ou saber como, a partir das leveduras, se produz fármacos e biocombustíveis. Além disso, vão seguir o percurso da uva ao vinho, fertilizar solos com resíduos orgânicos, imprimir em 3D em diferentes materiais, detetar partículas com câmaras de faíscas e de nuvens, descobrir a chamada ciência das “coisas”, decifrar quebra-cabeças, entranhar-se na criptografia e na inteligência artificial e até monitorizar a afluência do evento em tempo real.

Os alunos das escolas básicas e secundárias da região aceitaram apresentar os seus projetos originais em vários postos do espaço – e valerá a pena. Nesta “Mostra da Ciência”, os visitantes vão ser desafiados a acompanhar o crescimento do embrião de uma galinha, a usar óculos de realidade virtual para palmilhar Braga e Barcelos, a ensaiar novos videojogos de plataforma e corridas, a obter grafeno da esfoliação da ponta do lápis, a atentar nas folhas que mudam de cor num bosque e a ouvir, às 21h30, as próprias crianças a comunicarem ciência. Também se desvendam resultados de estudos escolares: a fruta verde amadurece mais rápido na presença de fruta madura e a pressão arterial varia ligeiramente com a idade e o género.

O programa prevê igualmente às 18h00, no pequeno auditório, a mesa redonda “A inovação ao serviço da cidade”, com responsáveis das jovens empresas Primecog, BestHealth, Chemitek e Biomode. Em paralelo, os mais jovens podem aventurar-se em seis concursos e workshops, construindo fósseis, células voltaicas e detetores de partículas, decifrando passatempos e jogos após a leitura do livro “Génios do Mundo: Marie Curie” e resolvendo ainda problemas através da programação, da robótica e dos legos.

A ECUM concretiza este ano a sua maior participação de sempre na NEI, na qual está integrada através do consórcio de instituições superiores nacionais “SCICITY – Ciência na cidade”, financiado pelas ações Marie Curie do programa Horizonte 2020 da Comissão Europeia. A iniciativa tem como parceiros locais os municípios de Braga e Guimarães, o Banco Português de Germoplasma Vegetal, a Sociedade Portuguesa de Física, o Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas, o Laboratório da Paisagem, o Geopark Terras de Cavaleiros, o Centro Interpretativo da Misericórdia de Braga, a InvestBraga, a Startup Braga, a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, a CTEM Academy, os coletivos de divulgação científica STOL e Scientia.com.pt e as empresas Ambarscience e Xpim 3D. A NEI é promovida desde 2005 pela Comissão Europeia. O objetivo é afirmar a interação dos cientistas com o público, permitir descobrir a ciência de forma divertida e promover a investigação como carreira, explica José Brilha. Em Portugal, a NEI passa ainda por Coimbra, Évora, Lisboa e Monsaraz.

Comentários

comentários

Artigos relacionados

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close